Texto Pessoal

TENTA HOJE || SONHA AMANHÃ

Olá Nossos Devanienses!

Tenta hoje. Sonha amanhã. Luta hoje. Alcança amanhã.

Tenta hoje. Sonha amanhã. Tenta hoje. Sonha amanhã. Tenta hoje. Sonha amanhã.

Tenta hoje. Sonha amanhã. Não invejes. Não critiques os outros. Não opines sobre os outros. Opina sobre ti.

Tenta hoje. Sonha amanhã. Tenta hoje. Sonha amanhã. Tenta hoje. Sonha amanhã.

Tenta hoje. Sonha amanhã. Não desistas. Luta. Tenta. Tenta. Tenta.

Tenta hoje. Sonha amanhã. Tenta hoje. Sonha amanhã. Tenta hoje. Sonha amanhã.

Tenta hoje. Sonha amanhã. Tenta hoje. Sonha amanhã. Tenta hoje. Sonha amanhã.

Tenta hoje. Sonha amanhã. Tenta hoje. Sonha amanhã. Tenta hoje. Sonha amanhã.

Pensa em ti!

Beijinhos

 

Texto Pessoal

CANTA AGORA || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

Canta. Canta agora. Canta com vontade e desafinado. Canta. Canta agora.

Canta. Canta agora. Canta como se não houvesse amanhã. Canta. Canta agora.

Canta. Canta agora. Canta com amor e sabedoria. Canta. Canta agora.

Canta. Canta agora. Canta de fotma urbanizada. Canta com respeito e educação. Canta. Canta agora.

Canta. Canta agora. Canta para ti e nunca para os outros. Canta. Canta agora.

Canta agora. Canta agora. Canta agora.

Beijinhos

Texto Pessoal

SOLTA A ALMA || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Solta a alma. Sim, tu. Mostra quem és. Sê tu próprio, mas urbanizado, claro. Toda a gente tem de ser educado. A educação vem de casa. Solta a alma. Solta a alma. Solta a alma.

Solta a alma a cada segundo. Solta a alma mais bela. Deita fora o que é mau. Sim, a má educação também. Nunca mais encontres. Solta a alma. Solta a alma. Solta a alma.

Solta a alma com orgulho. Solta a alma com alegria. Solta a alma com amor. Solta a alma. Solta a alma. Solta a alma.

Solta a alma hoje, amanhã e ontem. Solta a alma. Solta a alma. Solta a alma.

Solta a alma e sê feliz.

Beijinhos

Texto Pessoal

ANDA || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

Anda. Anda devagar. Anda sem vontade. Anda por andar. Anda. Anda. Anda. Não pares. Repete caminhos. Anda. Anda. Anda.

Falha na tua caminhada. Recomeça. Anda. Anda. Anda. Sonha e anda. Não pares. Não foste feito para parar. Foste feito pata lutar e ganhar experiência. Anda. Anda. Anda.

Anda de força. Acelera. Acompanha a evolução. Lê. Lê. Lê .Anda. Anda. Anda. Sonha. Sonha. Sonha. Falha. Falha. Falha. Ganha o Mundo e anda. Anda. Anda.

Beijinhos

Texto Pessoal

CORRE SEM CAMINHO || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

Corre. Corre livre. Corre sem caminho. Corre atrás dos sonhos. Corre atrás o trabalho. Corre atrás dos objectivos. Corre. Corre sem caminho.

Já pensaste como seria a tua vida se corresses sem caminho? Uma perda de tempo. Tens de ter um caminho, mas não hoje. Por isso, corre sem caminho. Corre sem caminho. Corre sem caminho.

Não te esqueças que hoje, o importante é correr sem caminho.

Beijinhos

Texto Pessoal

RACUNHA-ME NA TUA MENTE || TEXTO PESSOAL

Os textos pessoais libertam a mente.

Olá Nossos Devanienses!

 

Rascunha-me na tua mente. Sim, na tua mente. De dia. De noite. De madrugada. Rascunha-me na tua mente. Rascunha-me como um artista.

Rascunha-me na tua mente. Rascunha-me na tua mente. Rascunha-me na tua mente. Rascunha-me a toda a hora. Rascunha-me quando estiveres a dormir. Rascunha-me na tua mente. Rascunha-me na tua mente. Rascunha-me na tua mente.

Rascunha-me e pinta-me com tintas coloridas. Aguarelas. Rascunha-me na tua mente. Rascunha-me na tua mente. Rascunha-me na tua mente.

Rascunha-me na tua mente… Eternamente!

Beijinhos

Texto Pessoal

VEJO-TE NO NEVOEIRO || TEXTO PESSOAL

Hoje trouxemos de volta os textos pessoais.

Olá Nossos Devanienses!

 

Sim, vejo-te no nevoeiro. Pensas que podes chegar de mansinho. Não, não podes. Vejo-te no nevoeiro. Mandas uma mensagem que finges ser por engano: Parabéns rapaz. Tudo de bom. Abraço. Claro, pela fotografia de perfil, devo ser mesmo um rapaz.

Sim, vejo-te no nevoeiro. Vejo-te no nevoeiro. Vejo-te no nevoeiro. Gostarias de saber se podes avançar novamente. Tão típico, mas sabe… Vejo-te no nevoeiro.

Continua onde estás. Não avances mais, porque sempre te vi no nevoeiro.

Beijinhos