Entrevista Verde

ENTREVISTA VERDE || SANDRA MATIAS

Olá Nossos Devanienses ( E Sandra Matias )!

 

Foto de Sandra Matias.

 

Obrigada a todos pelo sucesso que está a ser este Projecto. Se abrimos uma mente com estas entrevistas, ficamos muito felizes. Hoje temos a Sandra Matias. Blogger, Maquilhadora e uma adoradora dos temas de Veganismo e Vegetarianismo.  O Trabalho de Sandra Matias está duma certa forma direccionada a estes temas. Digamos que o seu trabalho é consciencioso.

Todos os trabalhos realizados pela Sandra Matias são maravilhosos. Agradecemos de coração o facto da Sandra Matias ter aceite participar no nosso Projecto.

 

Foto de Sandra Matias.

 

1 – Desde quando começou este teu interesse pelo Vegetarianismo e pelo Veganismo?

Porquê?

R: Começou há 8 ano atrás, embora não seja vegetariana ou vegan, tento manter o equilíbrio na minha alimentação, porque uma alimentação saudável incluindo pratos vegetarianos faz toda a diferencia num organismo humano. Embora na cosmética que é uma área que adoro, procuro sempre produtos vegan e de preferência cruelty free.

2 – Já alguma vez ponderaste tornar-te Vegetariana ou até mesmo Vegan? Porquê?

R: Nunca pensei, embora tenho uma familiar muito próxima que é vegan, não come nada de origem animal, nós necessitamos de todos os nutrientes, vitaminas, ferro etc que tanto a carne como o peixe nos proporcionam ao organismo para mantermos o equilíbrio.

3 – Na tua opinião, porquê que uma parte da Sociedade considera uma modinha?

R: 50% acha moda ser vegetariana ou vegan, não comer nada de origem animal, devido ao protegermos muitos os animais, sim de facto tornou-se moda, mas infelizmente, para ser vegetariana ou vegan que são duas coisas totalmente diferentes uma da outra necessita-se de um controle da parte de um profissional de vido a vitaminas que não colocam no organismo que tanto a carne como o peixe ou algo de origem animal nos dão, e sem esse controle um dia o nosso organismo pode entrar em falência dessas propriedades importantes e ter que fazer um tratamento intensivo.

4 – Achas importante que a Sociedade tenha um pouco mais de noção sobre o tema, visto que uma grande parte só critica?

R: Sim devia, temos de ver os dois lados, pois ser vegetariano ou vegan não é o mesmo que fazer uma dieta, é uma escolha que a própria pessoa faz, se não quer comer nada de origem animal é uma escolha que a pessoa faz. Acho que a nossa sociedade ainda está com pouco conhecimento na área e tem muita falta informação.

Por exemplo na beleza, há uma grande procura de produtos vegan e cruelty free, a palavra cruelty free está a tornar-se muito popular e acho bem, pois não sou apologista de teste em animais, eu própria na área de beleza procuro produtos vegan e cruelty free.

 

Foto de Sandra Matias.

5- Alguma coisa mudou na tua vida desde este teu interesse?

R: Eu já tinha conhecimento necessário para distinguir e não julgar, mas com o passar dos anos na área de beleza tenho adquirido muitos conhecimentos e sim mudou, em vez de colocar cosmética rica em químicos na minha pele coloco cosmética natural na minha pele.

6 – Mudou alguma coisa na tua alimentação e\ou no teu consumo em geral desde que te interessante pelo tema?

R: Sendo eu carnívora como se pode chamar, pelo menos duas vezes por semana como pratos vegetarianos, e se ter que fazer companhia à minha familiar directa a comer um bom prato vegan eu como, mas claro tenho sempre em atenção ás necessidades do meu organismo.

7 – Na tua opinião, faz algum sentido quando questionam o porquê de gostarmos de animais e mesmo assim comermos?

R: Não faz sentido algum, pois nós nascemos herbívoros e carnívoros, quando me questionam sobre tal eu explico tudo o que mencionei acima, o meu organismo necessita e não me quero ver a tomar suplementos ou vitaminas para substituir as propriedades da carne ou as propriedades do peixe, nem me quero ver um dia entrar em falência devido à falta das mesmas.

Acho uma pergunta desnecessária, quando nos perguntam isso.

 

Foto de Sandra Matias.

 

8 – A tua alimentação teve alguma alteração com o teu interesse no tema?

R: Mantém-se a mesma, como referi nas respostas acima.

9 – Alguma vez fez-te confusão ires a um Talho ou a uma Peixaria?

R: Ir não me faz confusão, faz me sim confusão ver uma galinha a ser morta ou um porco a ser morto, eu não consigo ver, nem consigo fazer tal. O que me faz muita aflição no talho é ver coelhos mortos, não sei se é por se assemelharem aos gatitos e coelho é uma carne que não como devido a isso.

10 – Achas que é um tema interessante para ser debatido? Porquê?

R: Sim acho, porque todas as pessoas devem saber sempre mais sobre o assunto vegetariano ou vegan, saber os prós e contras, e claro antes de se tornar procurar sempre um profissional de saúde.

 

Foto de Sandra Matias.

 

Uma entrevista maravilhosa. Foi um gosto, mesmo. Reforçamos que não queremos fazer nenhuma lavagem cerebral a ninguém. Como vêm, podem gostar do tema e não abdicarem da vossa chichinha. Serem, somente, mais conscienciosos.

Eu fiz a pergunta do Talho e da Peixaria, porque a mim faz-me confusão. E partiho com a Sandra Matias que os coelhos parecem gatinhos. Eu sou um bichinho da Cidade e ver animais a ser mortos, não gosto. Gosto de coisas estranhas como ver a espremer espinhas e pontos negros, mas animais não.

Quando era pequena, tinha uns oito anos, e obrigaram-me a pegar nas pernas duma galinha para a matarem. Agarrei contrariada. Olhos fechados. Cara para o lado. Resultado: A galinha saltou do funil. A pessoa ficou chateada, a galinha ficou mais uns minutos feliz.

Beijinhos

2 thoughts on “ENTREVISTA VERDE || SANDRA MATIAS

Deixar uma resposta