Entrevista Verde

ENTREVISTA VERDE || MAFALDA LAGE BORRALHO

Olá Nossos Devanienses ( E Mafalda Lage Borralho )!

Foto de Mafalda Lage Borralho.

 

A Mafalda Lage Borralho é uma Blogger com um Trabalho diferente dos quais estamos habituados. É mais técnico. Mais… não é um Blog do qual estejamos habituados. Útil como os outros, duma maneira ou de outra.

A querida Mafalda Lage Borralho aceitou gentilmente responder às nossas perguntas. Uma Simpatizante do Veganismo e do Vegetarianismo. Gosta do tema. Obrigada.

 

 

 

1 – Desde quando começou este teu interesse pelo Vegetarianismo e pelo Veganismo? Porquê?  Sempre tive curiosidade, não sei disser quando começou.

2 – Já alguma vez ponderaste tornar-te Vegetariana ou até mesmo Vegan? Porquê?

Já, mas comer soja ou tofu nunca me atraiu.

3 – Na tua opinião, porquê que uma parte da Sociedade considera uma modinha?

Deve ser porque alguns famosos aderiram a este tipo de comida e estilo de vida.

 

Foto de Mafalda Lage Borralho.

 

4 – Achas importante que a Sociedade tenha um pouco mais de noção sobre o tema, visto que uma grande parte só critica? Sim, devia existir mais informação.

5- Alguma coisa mudou na tua vida desde este teu interesse? Bem como mais vegetais, a verdade é que é mais saudável.

6 – Mudou alguma coisa na tua alimentação e\ou no teu consumo em geral desde que te interessante pelo tema?  Faço uma alimentação mais saudável.

7 – Na tua opinião, faz algum sentido quando questionam o porquê de gostarmos de animais e mesmo assim comermos? Não, a não ser se no menu estiver os domésticos.

 

Foto de Mafalda Lage Borralho.

 

8 – A tua alimentação teve alguma alteração com o teu interesse no tema?  Não muita.

9 – Alguma vez fez-te confusão ires a um Talho ou a uma Peixaria? Não

10 – Achas que é um tema interessante para ser debatido? Porquê? Sim, deviam esclarecer o que é ser Vegetariana ou Vegan.

 

Nós também entrevistamos Bloggers que não são Vegan, nem Vegetarianas, mas que gostam do tema. Não é por acaso. É para mostrar que podemos gostar do tema. Desenvolvê-lo na nossa vida, sem deixar de parte a carne. Porém com consciência do que estamos a fazer.

Quando falamos de carne, também falamos de peixe. O peixe é conjunto. A carne do peixe é que se come. É, na Sexta-feira Santa não é para comer a carne do peixe. Podem, sem dúvida, serem semi-vegetarianos, ou seja, comerem a carne do peixe e não a outra carne. A saúde e a vossa felicidade agradecem.

Beijinhos

 

Entrevista Verde

ENTREVISTA VERDE || SANDRA MATIAS

Olá Nossos Devanienses ( E Sandra Matias )!

 

Foto de Sandra Matias.

 

Obrigada a todos pelo sucesso que está a ser este Projecto. Se abrimos uma mente com estas entrevistas, ficamos muito felizes. Hoje temos a Sandra Matias. Blogger, Maquilhadora e uma adoradora dos temas de Veganismo e Vegetarianismo.  O Trabalho de Sandra Matias está duma certa forma direccionada a estes temas. Digamos que o seu trabalho é consciencioso.

Todos os trabalhos realizados pela Sandra Matias são maravilhosos. Agradecemos de coração o facto da Sandra Matias ter aceite participar no nosso Projecto.

 

Foto de Sandra Matias.

 

1 – Desde quando começou este teu interesse pelo Vegetarianismo e pelo Veganismo?

Porquê?

R: Começou há 8 ano atrás, embora não seja vegetariana ou vegan, tento manter o equilíbrio na minha alimentação, porque uma alimentação saudável incluindo pratos vegetarianos faz toda a diferencia num organismo humano. Embora na cosmética que é uma área que adoro, procuro sempre produtos vegan e de preferência cruelty free.

2 – Já alguma vez ponderaste tornar-te Vegetariana ou até mesmo Vegan? Porquê?

R: Nunca pensei, embora tenho uma familiar muito próxima que é vegan, não come nada de origem animal, nós necessitamos de todos os nutrientes, vitaminas, ferro etc que tanto a carne como o peixe nos proporcionam ao organismo para mantermos o equilíbrio.

3 – Na tua opinião, porquê que uma parte da Sociedade considera uma modinha?

R: 50% acha moda ser vegetariana ou vegan, não comer nada de origem animal, devido ao protegermos muitos os animais, sim de facto tornou-se moda, mas infelizmente, para ser vegetariana ou vegan que são duas coisas totalmente diferentes uma da outra necessita-se de um controle da parte de um profissional de vido a vitaminas que não colocam no organismo que tanto a carne como o peixe ou algo de origem animal nos dão, e sem esse controle um dia o nosso organismo pode entrar em falência dessas propriedades importantes e ter que fazer um tratamento intensivo.

4 – Achas importante que a Sociedade tenha um pouco mais de noção sobre o tema, visto que uma grande parte só critica?

R: Sim devia, temos de ver os dois lados, pois ser vegetariano ou vegan não é o mesmo que fazer uma dieta, é uma escolha que a própria pessoa faz, se não quer comer nada de origem animal é uma escolha que a pessoa faz. Acho que a nossa sociedade ainda está com pouco conhecimento na área e tem muita falta informação.

Por exemplo na beleza, há uma grande procura de produtos vegan e cruelty free, a palavra cruelty free está a tornar-se muito popular e acho bem, pois não sou apologista de teste em animais, eu própria na área de beleza procuro produtos vegan e cruelty free.

 

Foto de Sandra Matias.

5- Alguma coisa mudou na tua vida desde este teu interesse?

R: Eu já tinha conhecimento necessário para distinguir e não julgar, mas com o passar dos anos na área de beleza tenho adquirido muitos conhecimentos e sim mudou, em vez de colocar cosmética rica em químicos na minha pele coloco cosmética natural na minha pele.

6 – Mudou alguma coisa na tua alimentação e\ou no teu consumo em geral desde que te interessante pelo tema?

R: Sendo eu carnívora como se pode chamar, pelo menos duas vezes por semana como pratos vegetarianos, e se ter que fazer companhia à minha familiar directa a comer um bom prato vegan eu como, mas claro tenho sempre em atenção ás necessidades do meu organismo.

7 – Na tua opinião, faz algum sentido quando questionam o porquê de gostarmos de animais e mesmo assim comermos?

R: Não faz sentido algum, pois nós nascemos herbívoros e carnívoros, quando me questionam sobre tal eu explico tudo o que mencionei acima, o meu organismo necessita e não me quero ver a tomar suplementos ou vitaminas para substituir as propriedades da carne ou as propriedades do peixe, nem me quero ver um dia entrar em falência devido à falta das mesmas.

Acho uma pergunta desnecessária, quando nos perguntam isso.

 

Foto de Sandra Matias.

 

8 – A tua alimentação teve alguma alteração com o teu interesse no tema?

R: Mantém-se a mesma, como referi nas respostas acima.

9 – Alguma vez fez-te confusão ires a um Talho ou a uma Peixaria?

R: Ir não me faz confusão, faz me sim confusão ver uma galinha a ser morta ou um porco a ser morto, eu não consigo ver, nem consigo fazer tal. O que me faz muita aflição no talho é ver coelhos mortos, não sei se é por se assemelharem aos gatitos e coelho é uma carne que não como devido a isso.

10 – Achas que é um tema interessante para ser debatido? Porquê?

R: Sim acho, porque todas as pessoas devem saber sempre mais sobre o assunto vegetariano ou vegan, saber os prós e contras, e claro antes de se tornar procurar sempre um profissional de saúde.

 

Foto de Sandra Matias.

 

Uma entrevista maravilhosa. Foi um gosto, mesmo. Reforçamos que não queremos fazer nenhuma lavagem cerebral a ninguém. Como vêm, podem gostar do tema e não abdicarem da vossa chichinha. Serem, somente, mais conscienciosos.

Eu fiz a pergunta do Talho e da Peixaria, porque a mim faz-me confusão. E partiho com a Sandra Matias que os coelhos parecem gatinhos. Eu sou um bichinho da Cidade e ver animais a ser mortos, não gosto. Gosto de coisas estranhas como ver a espremer espinhas e pontos negros, mas animais não.

Quando era pequena, tinha uns oito anos, e obrigaram-me a pegar nas pernas duma galinha para a matarem. Agarrei contrariada. Olhos fechados. Cara para o lado. Resultado: A galinha saltou do funil. A pessoa ficou chateada, a galinha ficou mais uns minutos feliz.

Beijinhos

Entrevista Verde

ENTREVISTA VERDE || HEATHY BE

Olá Nossos Devanienses ( E Heathy Be )!

 

Resultado de imagem para Veganismo

 

Hoje temos o prazer de apresentar uma entrevista realizada a uma Vegan. A Heathy Be apresenta um trabalho bastante interessante na área do Veganismo com bastantes receitas interessantes. Como a própria refere no Blog e passamos a citar: Bem vindo ao blog! Este espaço é dedicado a receitas saudáveis e outros assuntos que gosto que designarei fora da marmita. É sobre isto que quero falar no blog um estilo de vida saudável. Vamos tentar?

Um tema interessante, mas ao mesmo tempo sensível, devido à cultura e à Sociedade.

 

20180201_120109.jpg

 

  1. Há quanto tempo és Vegan?  Dois meses.
  2. Começaste por ser Vegan ou Vegetariana? Se foste Vegetariana, durante quanto tempo o foste? Vegan
  3. Como começou esta tua nova jornada neste Mundo Vegan? 
    Começou tentando mudar alguns hábitos e comecei pela alimentação tentando ser mais saudável e ética de respeito por todos os seres vivos.
  4. O que mudou na tua vida? Uma redescoberta de uma forma de cozinhar muito diferente, incluso com muitos ingredientes k nunca tinha experimentada.
  5. Qual foi a tua maior dificuldade no início?  Tempo, é necessário alguma disponibilidade e paciência para estas experiências culinárias que nem sempre correm bem.
  6. Qual é a tua maior dificuldade actualmente?  Tentar ter o máximo possível de variedade com um orçamento algo reduzido.
  7. Qual é tua comida Vegan favorita? Hambúrguer de feijão preto, “bife” vegan, snack de amendoim, panquecas de batata doce, não sei escolher entre este pois adoro estas receitas.
  8. Tens alguma Nutricionista a acompanhar-te?  Não tenho nenhuma nutricionista a acompanhar-me.
  9. Tens algum Dia do Pecado, ou seja, um dia com carne, nem que seja uma ver por ano? Sim tenho um dia do pecado, por enquanto, é ao sábado, sim hoje pequei e não foi carne, não é a com a carne que peco é peixe.
  10. Que conselho dás a quem quer ser Vegan? Que experimente, não mude radicalmente, mas que seja uma adaptação gradual, consciente e de preferência se tem possibilidades disso acompanhado por um nutricionista.

 

20180403_090557[1].jpg

 

O intuito do Projecto não é fazer ninguém seguir este ou qualquer estilo de vida. Simplesmente mostrar, visões, experiências e Mundos novos. Há coisas muito boas no Mundo do Veganismo e do Vegetarianismo, sem dúvida. Cada um sabe da sua vida, desde que não prejudique terceiros como o tabaco.

Espreitem o Blog dela, tem receitas muito interessante e o que está fora da Maramita também.

Beijinhos

 

 

Entrevista Verde

ENTREVISTA VERDE || ANABELA DACOSTA

Olá Nossos Devanienses ( E Anabela DaCosta ) !

 

Foto de Anabela DaCosta.

 

Temos um novo Projecto! Consiste numa série de entrevistas a Vegetarianos, Vegans e Simpatizantes. E Claro, todos Bloggers. Outra maneira de sensibilizar o nosso público. Vocês, Devanienses!

trabalho da Anabela DaCosta é fabuloso! Demasiado fofo e cor-de-rosa. Tudo que é bom, não é demasiado. Francisca, tira o “demasiado”, por gentileza.

A Anabela DaCosta foi muito querida, directa e simpática ao ter aceite o nosso convite. Afirmou que a pergunta do Dia da Asneira não fazia muito sentido, mas respondeu. Fizemos, simplesmente, porque já ouvimos relatos de pessoas que se dizem Vegetarianas e comem carne uma vez por ano. Churrasco, no caso. Eram Brasileiros. Deveriam estar a adaptar-se. Vi como normal como o Dia da Asneira nas dietas.

 

Resultado de imagem para vegetarianismo

 

  1. Há quanto tempo és Vegetariana?

Sou vegetariana a 10 meses, estou quase a fazer um ano!

  1. Tencionas ser Vegan? Porquê?

Para já, sou feliz sendo vegetariana, mas quem sabe se algum dia viro vegan.

  1. Qual foi a tua maior dificuldade no início?

Habituar aos novos sabores.

  1. Qual é a tua maior dificuldade atualmente?

Atualmente? Talvez cortar de vez com o queijo.

  1. Como te tornaste vegetariana? Com começou?

Simplesmente cansei de comer carne e peixe. Estava a sentir enjoada e cheguei a ficar varias vezes indisposta.

A realidade que se passa nos matadouros, também é uma das razões que deixei de comer animais.

Não precisamos de matar animais inocentes, para a nossa sobrevivência.

  1. Tens algum nutricionista, visto que dizem que é um factor importante?

Não sigo nenhum nutricionista. Tenho vários livros de culinária vegetariana, sigo vários blogues (onde partilharem receitas, dicas interessantes) e também faço parte de grupos no Facebook (onde há muito entreajuda, tiramos as dúvidas uns dos outros, etc). O nutricionista pode ser interessante, na parte da orientação.

  1. Qual é a tua comida favorita deste Mundo?

Acho que não tenho um prato favorito. Gosto de tudo, como de tudo (menos ervilhas).

Gosto muito de couve mineira com feijão frade (receita no blogue).

 

Resultado de imagem para vegetarianismo

 

  1. O que te custou mais deixar? Ainda te custa?

O queijo. Apesar de estar a reduzir bastante.

  1. Tens um dia para a Carne, ou seja, o Dia do Pecado, nem que seja uma vez por ano?

Eu sou vegetariana, eu não como carne, nem peixe. Não como animais.
O vegetarianismo/veganismo, não é uma dieta, é um estilo de vida.
Este dia do pecado, não faz sentido! Esta questão não faz sentido!

  1. O que aconselhas a quem quer ser Vegetariana?

Ser vegetariana/vegan, não é um sacrifício é uma ALEGRIA e das grandes!

É uma sensação tão boa, acordar de manhã e saber que cada decisão que tomamos causa menor dano possível… Melhor forma de viver é com a consciência tranquila.

 

Resultado de imagem para vegetarianismo

 

Gostariamos de agradecer à Anabela DaCosta pela sua participação. Espero que estas respostas sejam tão importantes para vocês, Devanienses, como para nós.

Esperamos que gostem deste nosso novo Projecto.

Beijinhos