Português

VÓS VS VOCÊS || PORTUGUÊS CORRECTO

Olá Nossos Devanienses ( E A Tudo Que É Correcto )!

 

 

Infelizmente, há muita gente que não sabe como usar o pronome pessoal Vós e Vocês. Não, não são meia-dúzia de pessoas e mesmo que fossem, têm o direito a saber como se distingue, não é mesmo?

O pronome pessoal Vós é o plural majestoso. Isto quer dizer que era mais usado na altura da monarquia para ser usado com a Realeza. Porém, mesmo sendo plural é apenas para uma pessoa.

Vamos exemplificar: Vossa excelência pretendeis tomar o Pequeno-Almoço agora, meu caro Rei?”, “Vos estais muito elegantes, meu caro Rei. E vós também, minha cara Princesa”.

Dois exemplos muito concretos. No segundo exemplo, falou-se de duas pessoas, mas de forma individual. Se for para falar das duas ao mesmo tempo escrever-se-ia “ Vocês estão muito elegantes.”.

Vós é para dirigir a uma pessoa.

Vocês para duas ou mais pessoas.

Simples, não é? Espero que quem cometia este erro que o corrija. Só aprende, hoje em dia, quem quer, não é mesmo?

Beijinhos

Português

Arreceber Vs Receber || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

Hoje em dia, só fala e escreve mal quem quer. Todos temos acesso à informação. Nunca é demasiado tarde para aprender. Só não aprende quem não quer.

Não é obrigado a tal. Se quiser falar e escrever mal, a situação é dela. Corrige-se, se a outra pessoa quiser continuar com erro, continua.

Ler é a melhor solução para se escrever e falar melhor.

Ambas as formas estão correctas, porém o mais correcto é “receber”.

Posso dizer que pensava que ” arreceber” não existia.

Beijinhos

 

Português

Meio Vs Meia || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

Se eu te dissesse que ela é meia stressada, corrigir-me-ias? Não? Mas eu agradecia.

A forma correcta é que ela é meio stressada.

Meio é um advérbio, logo não tem qualquer tipo de flexão na língua portuguesa. Não sobre qualquer tipo de mudança, seja o adjectivo a seguir no feminino ou no masculino.

Sendo uma palavra invariável.

Meia é de calçar. Faz falta com este tempo. Quem quiser oferecer, está a vontade.

Beijinhos

Português

Amostrar vs Mostrar || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

Cada vez mais é importante ter um português minimamente correcto. Não só por ser socialmente melhor, mas também por nós próprios. Hoje em dia, só escreve mal e fala mal quem quer. Uma gralha ou outra, um erro ou outro, é humano, porém nós temos todas as informações ao virar da esquina. Temos a internet, temos livros e tudo mais que nos pode dar o conhecimentos, se nós quisermos.

Se alguém, hoje em dia, até aos cinquenta, sessenta anos tem um português errado é porque quer. Têm acesso ao conhecimento. Estamos em pleno século vinte e um. Temos livros que enriquecem a nossa imaginação, mas também a nossa linguagem. Não importa qual seja o livro, o importante é ler. Seja em ebook ou em papel. Pessoalmente, detesto ebooks. Amo o cheiro dum livro em papel.

Amostrar está completamente errado. O “a” encontra-se a mais. A forma correcta só verbo é mostrar. Este erro não é assim tão descabido, visto que dizemos, por exemplo, “Aquela mulher tem as meias à mostra .” e pode confundir.

Podemos concluir, então, que só devemos usar “mostrar” e “à mostra”. Nunca, em tempo algum, amostrar.

Beijinhos

Português

Concerteza VS Com Certeza || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

Concerteza ou com certeza, eis a grande questão?

Já ouvi uma pessoa licenciada a dizer que dá das duas maneiras, mas concerteza era o mais correcto. É para vocês verem que a licenciatura não define tudo. Não define nada aliás. Se formos a ver, há pessoas com canudo muito burras, só passavam porque decoravam. Decorar não é entender.

Hoje em dia, as habilitações não são sinónimo de muita coisa, infelizmente. Pelo menos, em Portugal. Conheço uma pessoa com o 12ºano que é inteligente. Poderia ser culto, mas não quer. Tem preguiça de ler. Poderia ser um exemplo para os filhos? Poderia ser um exemplo para os filhos.

Ler é super importante! Nos dias de hoje, não importa o que lês, mas se lês. Podes estar a ler um livro sem qualidade nenhuma, algo comercial, mas ao menos, estás a ler. LÊ!

Só existe uma forma correcta que é com certeza.

Sendo uma locução adverbial formada pela proposição com e pelo substantivo certeza. 

Beijinhos

 

Português

A Sério ou Assério || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

Durante os meus tempos de vida, li várias versões. Dá uma volta horrível ao estômago. Não estou a brincar. Já li: asério, assério, acério, açério, azério.

Pode-se dizer que estão completamente erradas? Não, de todo.

A sério significa deveras.

Asserio é o nome que se dá a um tipo de uva branca.

Todas as outras estão erradas. Nem o Novo Acordo salva. Por agora, depois de tantos estragos, não sei. Fico assustada com essa possibilidade. 

Parem, só parem.

Beijinhos

 

Português

Para VS Pára || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Este tema foi pedido pela Sara Sampaio. A Sara, tal como nós, detesta o Novo Acordo e deixa-a muito confusa.

Como todos sabemos, o Novo Acordo estragou muita coisa. Uma dessas coisas foi o verbo parar. Deveria ser proibido mexer em verbos. Não faz sentido algum como o restante Novo Acordo. Chega de mudar a Língua. Só por gentileza.

Não possível que ninguém tenha reparado nisto. O Novo Acordo demorou 20 anos a ser posto em prática. Quietinho estariam muito bem.

O verbo tinha o acento bonitinho para não ser confundido com “para”, a preposição.

Retirar os acentos de qualquer palavra não faz o menor sentido. Tanto nesta palavra como em qualquer outra. Ficam feias sem o seu acento.

Segundo o Novo Acordo de 1990, a forma correcta é para. Porem, contudo, entretanto, o bom senso refere-se a pára como modo correcto de se escrever.

Beijinhos

 

 

Português

A Partir ou Apartir || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

O eterno dilema de muita gente: A partir ou apartir.

O objectivo desta Rubrica é acabar com essa dúvida. Com esta e com muitas outras que possam surgir. Palavras que induzem em erro não faltam para trabalharmos aqui.  Trabalhar-as-emos com todo o prazer. Pesquisaremos para vos dar as informações mais correctas. Se tivermos erradas, também estaremos aqui para corrigir.

A forma correcta é a partir. Tudo o resto está errado. Nem venham com o Novo Acordo.

Apartir é errado e à partir é ainda mais errado. Ambas não existem.

A (espacinho) partir.

Beijinhos

 

 

Português

Derrepente VS De Repente || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

Estou a gostar bastante deste novo quadro. Dá para soltar o que eu chamo carinhosamente de TOC. Eu detesto ver erros. Dá-me uma volta ao estômago e há quem escreva mal de propósito (Não falo do Novo Acordo).

Há uma grande diferença entre gralha erro. Gralha é quando nós erramos a palavra, mas sabemos como se escreve correctamente. Uma distracção, o corrector. Eu própria sou muito distraída. Já escrevi “Não posso querer.” e quando reli, uns dias depois, entendi que queria escrever “Não posso crer.”. Fiquei chocada comigo mesma. Uma gralha, acontece.

Sim, é mais fácil encontrar erros ou gralhas nos textos dos outros, pois na nossa cabeça está a forma correcta e lemos quase que automaticamente.

A única forma correcta é de repente. De (espacinho) repente.

Há muita gente que escreve errado, mas por gentileza, não usei isso como desculpa para mudar a palavra como fizeram com “minissaia”. Que raio é “minissaia”?! Com isto, é quase obrigatório não usar o Novo Acordo.

Beijinhos