Projecto Isto é o meu rótulo

PROJECTO THE PINK ELEPHANT SHOES || RÓTULOS

A Querida Cátia Alexandra Rodrigues do Blog Pink Elephant Shoes criou uma hastag no Instagram para consciencializar a nossa Sociedade. Tanta coisa que não passa dum rótulo.

Olá Nossos Devanienses ( E Querido The Pink Elephant Shoes )!

 

Devo agradecer a montagem à Joana Freitas.

 

Eu tenho de ser a diferentona, eu sei. O Projecto é realizado no Instagram, mas os meus rótulos são tantos que preferi trabalhar o tema num post. Agradeço à Cátia por um Projecto tão bom. A Sociedade tem rótulos para tudo. Rótulos não faltam: Vegan, Vegetariano, Gay, Bissexual, Heterosexual e a lista por ai vai. A Sociedade tem uma necessidade imensa de te colocar numa gaveta caladinho e quietinho.

CHEGA DE RÓTULOS!

Um dos rótulos que tenho é de louca associado a mais dois rótulos: Mimada e Sabe nada. Isto porque eu tenho opinião própria, não vou atrás da maioria só porque parece bem. Se eu penso duma maneira, não vou dizer que penso de outra, porque a maioria pensa o oposto.

 

Resultado de imagem para rótulos da sociedade

 

Vou dar-vos alguns exemplos. Eu não confio em Chineses, porque eles comem cães e gatos. Como sabem, eu amo gatos, tenho a minha Lilly que é a Mascote do Blog. Como confiar? É a alimentação deles? É a alimentação deles, mas eu também não confiaria em Canibais. Talvez também associem a Preconceito. Que seja. Não vou mentir por causa disso.

Outro ponto: Tenho medo de ciganos. “Ah, mas isso é Xenofobia, não podes dizer isso.”. Vou mentir para parecer bem? Não! Já tive mais medo, confesso. Eu vivi doze anos ao pé do Bairro São João de Deus, era considerado um dos mais perigosos do Porto. É um rótulo? É um rótulo. Ai percebi que eles não têm nada a perder e isso dá-me medo.

Eu não tenho problema nenhum em dizer que leite de vaca faz mal, porque não temos organismo de vaca. Digo aqui e onde for livremente. A maioria que consome ataca logo. Porém, isso não me faz calar. Queres consumir, consomes, mas com conhecimento dos maleficios, porque beneficios não tem. Verdade, Francisca, tem uma coisa bom, só prejudica quem consome.

 

Resultado de imagem para rótulos da sociedade

 

A Sociedade obriga ao silêncio e ao pensamento colectivo, quem faz o oposto é louco. Não se pode ter opinião própria. E o mais bonito é que não sabem distinguir opinião de facto. Eu vou explicar ” Na minha opinião, o tomate é um legume.”. Esta frase muda alguma coisa? Não. Então, é um facto que o tomate é um fruto. Sim, Francisca, adoro este exemplo.

Claro, não me posso esquecer, sou acusada de Preconceito Linguístico. Ouvir que as pessoas não gostam de ser corrigidas é mesmo que dizer que não gostam de evoluir. Se a Gramática existe por algum motivo isso acontece. Hoje em dia, só escreve bem quem quer. Um homem foi analfabeto até aos sessenta e cinco anos e formou-se com oitenta e cinco. E agora, as desculpas? Como já repeti milhões de vezes, eu posso corrigir, mas tu não és obrigado a escrever bem.

Segundo a sociedade, eu penso de maneira diferente, porque não sei nada. Eu corrijo, porque não sei nada. Eu vou contra o rebanho, porque não sei nada. Digo que ser Blogger é uma profissão, porque não sei nada.

 

Resultado de imagem para rótulos da sociedade

 

Cansa. Tantos rótulos, cansa. Principalmente quando são colocados por quem não nos conhece. Como costumo dizer ” Opiniões diferentes tornam o Mundo colorido.”.

Tudo bem que ao sermos Bloggers, Youtuber, estarmos na Internet estamos de certa forma a dar a cara para à chapada ( acho que é assim que se diz). Pelo menos, é o que pensa quem rotula. Já escrevi sobre isto em relação à Cristina Ferreira. Não conhecem-na de lado nenhum, mas cospem-lhe rótulos para cima constantemente.

 

Resultado de imagem para rótulos da sociedade

 

NINGUÉM PRECISA DE RÓTULOS!

Há muita coisa que está tão inserida na Sociedade que é díficil mostrar que faz mal. Como diz Hernâni Carvalho ” A mentilidade é a última coisa a mudar.”. O Homem é o único animal que não precisa de carne. Além disso, todos os animais precisam de leite sim, mas leite materno e não de outro animal. Mas há anos que colocam e habituam as crianças a comerem carne e a beberem leite de vaca que se torna díficil.

“Mas ele gosta, por isso, eu dou.”. E se ele gostar de líxivia? Vais dar, porque ele gosta? Todos somos intolerante ao leite de vaca, mais saliente para uns do que para outros, só isto!

OBRIGADA, CÁTIA!

Beijinhos