Blogagem Colectiva · Resenha

RESENHA DO FILME || PESADELOS DO PASSADO

Um filme muito psicológico para a Blogagem Colectiva do Grupo Girl Boss.

Olá Nossos Devanienses!

 

Foto de Anne Lima.

 

Esta é a segunda semana da Blogagem Colectiva do Grupo do Facebookdesignado como Girl Boss. O segundo tema elegido pela votação foi a Resenha dum filme ou livro. Eu fiz a Resenha deste filme, coisa que vocês já esperavam, pois no dia doze deste mês saiu o artigo da Expectativa do mesmo.

As Regras são as mesmas e bem simples. É um modo de interecção entre os membros do grupo, logo as regras fazem todo o sentido. Digam não à Anarquia. Francisca, eles sabem que estou a brincar.

 

Foto de Anne Lima.

 

Recapitulando as Regras. Devemos identificar o Grupo e usar as imagens associadas. Parabéns a quem as fez, porque estão bem lindas. Devemos marcar os posts das Coleguinhas. Podemos mudar o título sem fugir ao tema. E não colocar posts antigos. Bem básico. Bem simples.

Devo confessar que a parte das Coleguinhas é mais complicadinho, mas é uma Regra super importante, visto que isto não é o Youtube e ninguém te vai recomendar (daquele jeito) um artigo com o mesmo tema. Eu já falei do assunto.

A situação é que cada um tem o seu ritmo e isso “atrapalha” um pouco. Faz-se o artigo e depois é só linkar, é certo, mas… a pessoa aqui já acha muito “depender” da Francisca. Faço-me entender? No sentido que já deveria de haver há muito, mas mesmo muito tempo uma Plataforma como o Youtube para os Blogs.

 

Foto de Anne Lima.

 

Uma Plataforma assim seria um sonho! Já têm a ideia, por favor, quem sabe fazer, faço com amor. Muito obrigada.

Este é um tema bem familiar no nosso Blog. Achei todos os temas muito bons, dai fazer todos. Porém, os dois últimos são bem dífieeis. Mas agradeci muito por não ter calhado o tema “game que recomendas” que estava em votação. Iria falar de quê? Eu nem no telemóvel jogo. Acho isso um absurdo! Estou brincando, claro.

Dos poucos que jogo, uma ou duas vezes por ano, na Playstation é um de dança. Por vezes, eles não acertam na coreografia, mas eu entendo. É difícil dançar como eu. Super no ritmo. Super encorporada na música. Só não mostro aqui e no Instagram ( quem não segue, aproveita) para vocês não ficarem triste por serem amadores. Brincadeirinha do bem!

Está aqui a nossa opinião sobre o filme visualizado com as melhores pipocas do Mundo!

 

Resultado de imagem para Pesadelos do passado 1 filme

 

Devo confessar que este filme mexeu muito comigo. É verdade, nem toda a gente deveria ter Filhos. Foi uma frase dita no início e faz bastante sentido. Sentido até de mais.

Fiquei com uma dúvida: A Irmã sabia que o Irmão era um assassino? Teria medo dele? Terá sido ele a mata-la?  É possível. O medo bloqueia-nos muito e dá vontade de morrer. Talvez tivesse medo de ser a próxima vítima. Talvez. O medo magoa. O medo é o pior sentimento que se pode ter por alguém. O medo é o nosso próprio Inferno.

Ninguém tem o direito de nos dar medo. O medo nunca será respeito. Ninguém tem o direito para usar o nosso medo para nos fazer de marionetas e ainda dizer que faz tudo por nós quando faz tudo por ela própria. Só tem benefícios para ela.

 

Resultado de imagem para Pesadelos do passado 1 filme

 

O filme tem bastantes clichés, mas ajudam ao seu desenvolvimento.

O final acredito que seja ela a sonhar. O sentimento de culpa pelo que fez e sentir-se vigiada.

Ela teve de lutar sozinha. Quase morreu. É esse o preço, não é mesmo? É esse o preço. É um preço demasiado alto que deixa imensas marcas.

 

Resultado de imagem para Pesadelos do passado 1 filme

 

Ela lamenta o que aconteceu à personagem. Aquele quarto do castigo. Claro que era por ela. Imaginem se fosse por quem a colocava naquele quarto minusculo. Ela sentiu o que ela passou naquele minusculo quarto e quase chorou. Tamanha a dor que a personagem sentiu quando “fizeram tudo por ela”. A desculpa é sempre a mesmo “fiz tudo por ti”, “foi tudo por ti”.

A Irmã nunca apareceu. É filme revoltante, mas com muita verdade.

Será que ela tratava mal as próprias Filhas por causa do Irmão assassino? Será que a verdadeira vitíma era ela? O medo é um patife! O medo é o próprio Satanás. Até faz bastante sentido, porque o quarto do castigo era colado ao quarto de Judas.

 

Resultado de imagem para Pesadelos do passado 1 filme

 

A Amiga morreu nas mãos de Judas. Talvez tivesse medo de ajuda-la e ficou com remorsos disso. É tão mau querer ajudar e ter medo. Dai ter dado o colar da Amiga à Filha mais sensível para esta acalmar a alma da Amiga.

Pode ter sido. Faria bastante sentido. Sentido. Faria, mesmo.

A Filha que perdoou quando soube da morte da Progenitora. A Irmã não conseguiu perdoar. Por vezes, por mais que se tente, não se consegue perdoar. A pessoa esforça-se bastante, mas não consegue. Ainda está ferida por dentro. Insiste com Irmã para ir ao funeral, mas ela não vai, recusa-se e desaparece.

 

Resultado de imagem para Pesadelos do passado 1 filme

 

Aconselhamos bastante o filme. É bastante emocionante. É bastante marcante. É filme que deve ser visto com bastante atenção.

O filme está disponível no Youtube. Devemos referir que é dublado. Pelo menos, o que tivemos acesso.

Beijinhos

 

 

Resenha

RESENHA DO FILME || CONSTANTINE

Um Filme da Netflix

Olá Nossos Devanienses ( E Constantine )!

 

Resultado de imagem para Constantine

 

Este filme foi assistido na companhia da nossa ilustre Enfermeira K. Escolhido pela própria, visto que já estava a acompanha-lo e não teve a oportunidade de o acabar. Neste dia houve Pipocas Caramelizadas e sumo de laranja.

Porém, estava a gostar bastante. Constantine é considerado pela Netflix, onde assistimos, um filme sinistro. Sinistro eu não diria. Mesmo assim, o início a meu ver é absurdo. Tentam inventar para não parecer cliché e exageram. Parecia um pouco “Os Homens de Negro”.

Mesmo assim, achamos o filme bem interessante, pois tem um valor moral muito grande que fazem questão de mostrar. A parte de Deus e Satanás. Super bem feito. Super bem mostrado.

 

Resultado de imagem para Constantine

 

No geral é um filme aceitável e deve ser visto. O início é um pouco forçado e exagerado a nosso ver, mas a parte final é muito boa. Deve ser tida em conta.

Uma frase importante de Lúcifer quando Constantine pergunta se pode fumar um cigarro, mais ou menos assim “Isso só me beneficia, pois é mais um prego no teu caixão.”. Ele é um fumante e vai morrer em poucos meses de cancro. Ele está a evitar suicidar-se para não ir para o Inferno. Fuma desde os quinze anos e essa foi a consequência directa.

Merece ser visto para abrir a mente dos mais atentos.

Beijinhos

 

 

 

 

Resenha

PESADELO DUMA MÃE || RESENHA DO FILME

Adolescentes sendo Adolescentes

Olá Nossos Devanienses ( E Querido Pesadelo )!

 

Resultado de imagem para pesadelo de uma mãe trailer

 

Um filme demasiado adolescente com um tema muito forte: Relação Abusiva. Porém, demasiado ingénuo.

O final poderia ser diferente. Chegar tarde de mais. Afinal é um filme, não é mesmo?

A história em si é muito bom, mas a maneira como é abordada tira o real valor. As pessoas só querem saber de fofocas e quem se preocupa é considerado maluca. Só tarde de mais percebem que têm razão.

 

Resultado de imagem para pesadelo de uma mãe trailer

 

Começarem a namorar no primeiro dia que se conhecem? Descobrir do nada onde ele mora e nínguém desconfia? Ela ameaça a ex-namorada dele e sai impune? Ele a encontra com outro e está tudo bem? Ela processa-o e ele mesmo assim quer estar com ela?! Porquê?! PORQUÊ?!

Poderia ter sido tratado da melhor maneira. É um assunto grave, muito grave mesmo. Fariamos melhor? Não, de todo.

Fiquei triste, porque o menino não cantou como fazia no Glee…

Beijinhos

Resenha

RESENHA DO FILME || BUTTERFLY ROOM

Olá Nossos Devanienses ( E Cara Butterfly )!

 

Resultado de imagem para butterfly room movie

 

Não há muito a dizer sobre este filme. É absolutamente fabuloso! Não é terror, mas é bem emocionante. Tem o seu cliché normal. The Butterfly Room ou O Quarto da Borboleta é um filme muito bem estruturado. Mostra a evolução das personagens, principalmente de três.

“Bichos são para quem não tem coragem de ter Filhos.”. A Anna é uma personagem muito bem estruturada. Parece ser do Signo Escorpião pelas suas atitudes de raiva. A necessidade constante de ter um Filho. Uma Filha. A Filha que perdeu com as suas atitudes. Só não a perdeu definitivamente, mantando-o, porque foi impedida.

Uma excelente personagem cheia da loucura exigida. A obsessão Escorpiana. A pose.

 

Resultado de imagem para butterfly room movie

 

O filme é super bem encaminhado. Super bem trabalhado. Talvez um suspense. Quase que entramos na loucura dela. O quarto. The Butterful Room. Na cabeça dela, se a pessoa não quer estar com ela, não tem mal, ela obriga. Escorpiã pura.

Ela atira o que sabe à cara só para magoar e conseguir o que quer. Ela sabe usar as armas que tem.

Não sabes o que ver amanhã ou até mesmo hoje à noite? Tens este filme. Não te vais arrepender!

Beijinhos

 

 

 

Resenha

RESENHA DO FILME || O QUARTO DO MEDO

Adolescentes fazendo coisas de adolescentes…

Olá Nossos Devanienses ( E Querido Medo )!

 

Resultado de imagem para O quarto do medo

 

Vamos combinar que não mete medo algum. São só um bando de adolescentes a fazerem coisas de adolescentes. A estória em si é muito boa, mas foi mal aproveitada pelos personagens. Muito mal aproveitada, mesmo.

A primeira cena é de louvar aos Céus. Só Jesus na causa. Estes adolescentes são tão corajosos que até doi. Depois morrem. Se achas que há algo estranho na casa-de-banho ( banheiro) não vás lá. Simples, não é? No máximo, fecha a porta a chave para o está lá dentro não poder sair facilmente. Tão simples, não é mesmo?

Mas os adolescentes não podem fazer as coisas de maneira simples. E ainda mais o facto de tornarem o filme numa Cómida Romântica. O Esconde-Esconde dos Nunca Namorados. Tão Titaniseco. Ao menos no Titanic, eles “namoraram”. E no caso do Titanic, NUNCA DISSERAM QUE ERA UM FILME DE TERROR!

 

Resultado de imagem para O quarto do medo

 

Estou calmíssima, Francisca. Irrita, só isso. Tudo bem que o título já por si é cliché. O cliché chama a atenção na dose certa. Mas não digam que é um género e oferecem outro. Os filmes com adolescentes são sempre uma cagada, não é mesmo?

“Vamos brincar com os mortos. Sou um retardado. Lalalalala”. Parem! Só parem! Não tem piada. Nunca teve piada. Deve haver uma clausula que afirma que quem desempenhar aqueles papéis tem de ser um jumento. Comportar-se como uma anta. Não é possível. Como assim? Não deveria ser autorizado.

Não anunciem uma coisa e entreguem outra. Poderia ter sido um história tão bem aproveitada. Muito mesmo. Só bastava ter personagens inteligentes. A história estava boa.

Beijinhos

 

Resenha

RESENHA DO FILME || ALMAS CONDENADAS

Se fosse sem adolescentes…

Olá Nossos Devanienses ( E Respectivas Almas Tão Condenadas )!

 

Resultado de imagem para Fingerprints movie

 

Feliz Sexta-Feira Treze. Já tive mais medo dessa danada. Produção, tira este dia, por gentileza.

Quanto ao filme, sem adolescentes seria melhor. Os adolescentes estragam tudo. Aquela implicadora que se diz Mãe, já deveria ter aquele fim há muito tempo. Porquê que ninguém notou que era o que ela merecia desde o início?!

Se o filme é bom para ver hoje à noite, não é dos piores, porque tem reviravoltas e isso é bom. Pena que a querida protagonista ( adolescente, claro) não tenha entendido a frase ” Gostaria tanto que tivesse sido um acidente à sério.”. Foi mais ou menos assim. E a tal adolescente sai da casa de quem disse esta frase na boa. Querida, você tem probleminhas? Pelo menos um “O quê que você quer dizer com isso?”. Pelo menos isto!

 

Imagem relacionada

 

Esta querida adolescente faz a brincadeira idiota e infantil de por o carro em ponto morto e esperar que ande sozinho. Andou. Apareceu uma criança ao seu lado. A criança entra no carro sem se entender como. Ela finge-se de assustada, mas continua com a criança como se nada fosse. A criança não fala. Isto faz lembrar o filme “Barco Fantasma”. A criança aponta para a casa que quer ficar. Sai do carro do nada. Antes disse a adolescente pergunta se os Pais estão em casa. A criança acena que não.

Quando ela sai, a adolescente repara numa mulher à janela. Não achou estranho. É verdade, Produção, que ela não achou estranho?! Ela não achou estranho! COMO ASSIM?!

 

Resultado de imagem para Fingerprints movie

 

Porquê que eu acho que ela é do Signo de Peixe? A adolescente é chocante. A Irmã Mais Velha primeiro protege a Irmã Mais Nova e depois tenta apagar um “Help me ” a sangue, porque a Mãe vai-se passar. É sério? Duas Adolescentes que só Jesus na causa.

Eu não faria melhor, nem a Francisca, mas por favor, tirem os adolescentes. Façam algo mais maduro. Junto com as reviravoltas seria perfeito.

Beijinhos

Resenha

RESENHA DO LIVRO || MANUAL PRÁTICO DE PRODUÇÃO

Manual de Cinema

Olá Nosso Devanienses (E Produção )!

 

 

Devo agradecer mais uma vez à Chiado por me dar a oportunidade de ler este livro. O livro está assim, porque eu adoro ler enquanto tomo banho. É bastante relaxante. Um livro, uma caneta e muita espuma. Como o livro é encadernado fica assim na parte de baixo. O próprio papel é bastante bom, mas a água e os livros não são os melhores amigos. Mas um livro e bom banho é muito prazeroso. 

O livro é cem por centro o que promete. Mostra todas as dificuldades práticas. Claro que em Portugal é mais difícil criar cultura. Um dos pontos que chamaram a atenção é que nos Festivais de Cinema, a maioria, não aceitam filmes que foram difundidos na internet. Hoje em dia, com o Youtube é super prático. Claro que cai no domínio público, mas para primeiros filmes pode ser uma boa fase de arranque. Comparado com um Prémio da importância dos do Festival de Cinema, já é um caso a pensar. Porém, se o filme não ganhar nenhum prémio nesse ano, porque não? A partir de mil visualizações dá um dólar. Traduzido em euros são oitenta e seis cêntimos. Multiplicado por milhares ou mesmo milhões de visualizações, porque não?

 

 

Este valor que eu dei, é em Portugal. Pelo menos, foi o que Youtuber disse que ganhava. Mais ou menos um dólar por cada mil visualizações, mais coisa, menos coisa. A mesma Youtuber também afirmou que no Brasil se ganha mais por mil visualizações. Sempre é melhor do que nada. 

Tem vários conselhos práticos. Várias formas de chegar a um bom resultado. Esta foi a Tese de final de curso de Sandra Lopes. Sem dúvida que os cursos são importantes para esta arte. Sem formação, quase de certeza que o trabalho não será bem executado. Dai que as franjas (repas) feitas por pessoas que não são profissões são uma grande bosta. Se existem formações é porque são importantes.

 

Beijinhos

 

Resenha

THE HAUNTING OF HELENA || RESENHA DO FILME

Olá Nossos Devanienses ( E Helena )!

 

Resultado de imagem para The Haunting of Helena

 

Foi um momento muito bom com a nossa querida Enfermeira K. Gostamos mesmo de ver filmes com ela na Netfliz. Mesmo aqueles que são uma sequinha. A Enfermeira K estava indecisa se vinha ter connosco ou não. Bastou dizer que já tinha escolhido um e que tinha colocado nos Favoritos dela para ela vir a caminho. Escolhemos o “Medo do 13”, mas era um documentário. Correu mal.

Preparamos, antes dela chegar, as pipocas e o sumo de laranja e limão para todas. Desta vez a Francisca também bebeu. A Enfermeira K também comeu o nosso famoso Danoninho com melância. Aproveitem e sigam aqui no Blog. O vosso email apenas é usado para notificações. Sigam-nos também no Instagram do Blog e na Fan Page.

 

A Enfermeira K trouxe esse chocolate da imagem. DELICIOSO! VICIANTE! TUDO DE BOM! Maravilhoso. Podes trazer mais Enfermeira K. Muito mais.

O filme é soberbo. Tem mistica. Tem reviravolta. A Enfermeira K escolheu muito, muito bem. É verdade que a nossa sorte na Netflix tem sido razoável. Acontece. Não é floreado com muitos actuais. Se a Bruxa está zangada, deve matar. Não pode ser sectiva. Não importa quem seja. Irritou, morreu. E o filme faz muito isso. Não se importa com a “importância” daquela personagem no filme. São todos iguais.

 

Resultado de imagem para The Haunting of Helena

Tem momentos certos. Tudo bem estruturado e bem pensado. Prende o espectador. Prende de maneira boa.

A nossa querida Helena tem alguns momentos típicos da sua idade. Não vamos dizer que não tem clichés, tudo tem clichés, mas são clichés que completam. Tem a dose certa.

Vejam e recomendem aos vossos amigos!

Beijinhos

 

 

Resenha

RESENHA DO LIVRO || DESCULPA MAS QUERO CASAR CONTIGO

Olá Nossos Devanienses. Tudo bom Contigo?

 

Resultado de imagem para desculpa mas quero me casar contigo

 

Este livro não vai ser entendido por pessoas machistas. Falei. Pelo simples facto que vão julgar a moçolha sem razão alguma. Ela não faz algo de tão pecaminoso. O que ela faz não é traição! Embora as pessoas machistas digam o oposto. Quando falo de pessoas machista, infelizmente, falo de homens e mulheres. Infelizmente, são as primeiras a atirar a pedra à outra. Tão Melhores Amigas.

Este livro serve para abrir mentalidades. É normal as pessoas estarem confusas. Atire a primeira pedra quem nunca ficou confusa. “Mas eu posso julgar, porque eu nunca fiz isso.”. A sério? E julgares a tua própria vida. Ter vida própria. Tão bom. O Nunca fiz é tão subjectivo. Vejamos, nunca fizeste isto, mas como se diz “Só sabe o que se passa no Convento quem está lá dentro.”.

 

Resultado de imagem para desculpa mas quero me casar contigo

 

Cada um na sua vida é tão bonito. O livro é sobre uma mulher de vinte anos que vai casar. Não é assustador? ” Mas isso não é desculpa para fazer o que ela fez.”. Ninguém falou de desculpas. Ela fez o que sentiu. Arrependeu-se. Aprendeu. Aliás, todas as personagens. Porquê que não julgam Pietro? Porque é homem? Porque é mais fácil julgar uma mulher? No final todos aprenderam, é a parte mais importante.

Quinhentos e oitenta e uma páginas de emoções. Federico Moccia não desilude. Obrigada!

Beijinhos

Resenha

RESENHA DO FILME || NEVERLAKE

Olá Nossos Devanienses ( E Neverlake )!

 

Resultado de imagem para neverlake

 

Vamos lá explicar como esta tarde surgiu. Nós e a Enfermeira K combinamos há bastante tempo esta Tarde de Cinema. Era suposto Ela ver na casa dela e nós na minha. A Enfemeira K na Netflix dela e nós na Netflix da Enfemeira K. Muito romântico. Porém, a Enfermeira K percebeu mal e percebeu que era cá em casa.

Nesse dia não me lembrei até receber uma mensagem dela a questionar se poderia ficar para a semana. Eu disse logo que não, porque já tenha feito as pipocas. Depois confessei que não tinha feito, só queria ver o filme com ela. Ela disse que vinha a caminho. Que filme!

Chamei a Francisca a correr. Fui para a cozinha preparar as pipocas com canela. Pedi à Enfermeira K para trazer gomas ou chocolate ( ou “Chicolate” como enviei na mensagem). Ela esqueceu-me dos chocolates de amêndoa em cima da mesa. Obrigada, Enfermeira K! Fiz um sumo de limão sugerido por ela e preparei tudo na minha cama junto com o Cocó que a Enfermeira K me deu.

 

 

Só eu e a Enfermeira K é que gostamos de sumo de limão.

A Enfermeira K pediu para eu escolher o filme para ser mais rápido, mas como eu estou sempre coberta de razão, ela escolheu. É para isso que lhe pago, não é mesmo?

Neverlake.

 

Resultado de imagem para neverlake

 

Acho que é um pouco dramático. Um pouco previsível. No sentido que o filme vai dado pistas. Ou era eu que falava de mais durante o filme. Sim, eu falo durante o filme. Por isso, detesto cinema. Eu gosto de comentar os meus pensamentos.

Mas ao mesmo tempo é fofo. Por outro lado achei doentio.

Não é bem um filme de terror. É mais mistério e trailler. Não é mau. Não é um filmaço. É bom para uma tarde com amigos. Tem uma boa sequência. Explica-se bem. As coisas encaixam-se. As crianças têm razão: Os crescidos são maus. 

Beijinhos