O Abre Olhos Das Bloggers

CÁRIN CORREIA || O ABRE OLHOS DAS BLOGGERS

Olá Nossos Queridos Devanienses ( E Cárin Correia )!

 

Um Mais Um São Três

 

Para começar a Cárin tem um nome lindo. Nunca tinha visto nesta versão. Já tinha visto Carina (o meu), Karina, Karine e Carine. Cárin nunca tinha visto.

Não conhecia o trabalho da Cárin. É bastante fofo. Cárin define-se do seguinte modo: sorridente. alegre. teimosa. calma. sonhadora. optimista. fiel. independente. livre. comunicativa. espontânea. distraída. dedicada. curiosa. persistente. humilde. paciente. radical. inteligente. divertida. faladora. imprevisível. sensível. mulher. mãe. aquário.

Aquário? Nem tudo pode ser perfeito, não é mesmo? Ao menos, não é Escorpiana.

Tem o “ler mais” que eu não gosto, mas como Cárin se identifica, está óptimo.

 

 

Ser blogger. O que é isto e que influência tem no nosso quotidiano? Porque sou blogger? Bem, tudo isto questões por abordar… comecei neste mundo da blogosfera por “graça” se assim se pode dizer. Uma amiga tinha e se eu gostava de escrever, porque não ter também? Contudo, não sabia bem o que era este grande mundo (pequeno até há uns anos atrás!) e ter um blog era apenas… giro! Hoje conheço a sua essência e sei a importância que lhe devo e quero dar. Mais do que o nosso recanto, ter um blog é o nosso testemunho, uma partilha de ideias, opiniões, desabafos, informações… há toda uma comunidade há espera que escrevas alguma coisa, que te segue com entusiasmo e se revê de alguma forma com o que partilhas. Ser blogger é, resumidamente: comunicar. Nos dias de hoje e com a informação a um esticar de braço, torna-se imprescindível estar em constante atualização para não cairmos em esquecimento por aqueles que nos seguem. Somos pouco entendidos por quem não sabe o que é a blogosfera. Porque havemos de estar sempre a escrever ou a registar as nossas vivências para “despejar” numa área virtual? Para nós que vivemos isto, faz todo o sentido. Queremos o nosso blog cheio de vida, atualizado e que quem o visita queira e tenha vontade em voltar. O nosso propósito é que quem está do outro lado tenha vontade em ler o que escrevemos, acompanhar-nos e que aquelas partilhas toquem quem as lê. Ser blogger é ser responsável por um lugar que sendo teu, é também de todos.

É um testemunho bem fofo. É a realidade. Há quem comece do mesmo modo e abandone o espaço, porque não sente a energia do seu próprio blog. Se as profissões de Blogger e Youtuber fossem tão fáceis como a maioria diz, porquê que haveriam tantos canais e blogs abandonados? Se fosse verdade, não haveria nenhum abandono, não é mesmo?

Esperemos abrir a mente de alguém com este Projecto.

Beijinhos

 

 

Resenha

RESENHA DO LIVRO || TUBO DE ENSAIO – PARTE II

Olá Nossos Devanienses ( E Querido Ensaio )!

Resultado de imagem para Tubo de Ensaio 2 Livro

 

Acredito que o humor negro é para a vida toda. Faz falta. Um dos representantes desse humor é o Aquariano Bruno Nogueira. A verdade é que há, pelo menos, até à quarta parte. Já vou a meio, logo estou muito bem posicionada. A ver pelo facto que este livro foi editado em dois mil e nove.

Ainda vamos a tempo de ler os outros dois, se as meias que usaste ontem não morrerem amanhã. Deixa aqui nos comentários a situação deste ponto. Se não morreram, eu vou ler na Páscoa passada. Fica combinado. Se morrerem, eu tento ler no meu Aniversário de dois mil e dez para ficar bem lembrado.

Como eu tinha referido, apesar de amar livros, não gostaria de receber mais livros. Já tenho uns duzentos para ler.

 

Resultado de imagem para bruno nogueira

 

Os temas actuais são escritos da forma mais humoristica que pode haver. Um excelente trabalho, sem dúvida. Brinca e sabe brincar. Não é para todos, por isso, coloca-te na filinha do humor negro para ver se consegues um gelado de mentol.

São páginas bem passadas. Páginas que passam a voar. Páginas que encantam. Páginas que distraem.

 

Resultado de imagem para Bruno Nogueira

 

Humor Negro deve fazer parte da vida, tal e qual aquelas calças mortas que tens no fundo do armário e que não usas há três meses. Eu sei, tens calças mais bonitas. Essas que estás a usar agora, por exemplo. Um arraso!

É um livro fabuloso, sem dúvida.

Beijinhos

 

Entrevista Verde

ENTREVISTA VERDE || MAFALDA LAGE BORRALHO

Olá Nossos Devanienses ( E Mafalda Lage Borralho )!

Foto de Mafalda Lage Borralho.

 

A Mafalda Lage Borralho é uma Blogger com um Trabalho diferente dos quais estamos habituados. É mais técnico. Mais… não é um Blog do qual estejamos habituados. Útil como os outros, duma maneira ou de outra.

A querida Mafalda Lage Borralho aceitou gentilmente responder às nossas perguntas. Uma Simpatizante do Veganismo e do Vegetarianismo. Gosta do tema. Obrigada.

 

 

 

1 – Desde quando começou este teu interesse pelo Vegetarianismo e pelo Veganismo? Porquê?  Sempre tive curiosidade, não sei disser quando começou.

2 – Já alguma vez ponderaste tornar-te Vegetariana ou até mesmo Vegan? Porquê?

Já, mas comer soja ou tofu nunca me atraiu.

3 – Na tua opinião, porquê que uma parte da Sociedade considera uma modinha?

Deve ser porque alguns famosos aderiram a este tipo de comida e estilo de vida.

 

Foto de Mafalda Lage Borralho.

 

4 – Achas importante que a Sociedade tenha um pouco mais de noção sobre o tema, visto que uma grande parte só critica? Sim, devia existir mais informação.

5- Alguma coisa mudou na tua vida desde este teu interesse? Bem como mais vegetais, a verdade é que é mais saudável.

6 – Mudou alguma coisa na tua alimentação e\ou no teu consumo em geral desde que te interessante pelo tema?  Faço uma alimentação mais saudável.

7 – Na tua opinião, faz algum sentido quando questionam o porquê de gostarmos de animais e mesmo assim comermos? Não, a não ser se no menu estiver os domésticos.

 

Foto de Mafalda Lage Borralho.

 

8 – A tua alimentação teve alguma alteração com o teu interesse no tema?  Não muita.

9 – Alguma vez fez-te confusão ires a um Talho ou a uma Peixaria? Não

10 – Achas que é um tema interessante para ser debatido? Porquê? Sim, deviam esclarecer o que é ser Vegetariana ou Vegan.

 

Nós também entrevistamos Bloggers que não são Vegan, nem Vegetarianas, mas que gostam do tema. Não é por acaso. É para mostrar que podemos gostar do tema. Desenvolvê-lo na nossa vida, sem deixar de parte a carne. Porém com consciência do que estamos a fazer.

Quando falamos de carne, também falamos de peixe. O peixe é conjunto. A carne do peixe é que se come. É, na Sexta-feira Santa não é para comer a carne do peixe. Podem, sem dúvida, serem semi-vegetarianos, ou seja, comerem a carne do peixe e não a outra carne. A saúde e a vossa felicidade agradecem.

Beijinhos

 

Expectativa

EXPECTIVA DO LIVRO || TUBO DE ENSAIO – PARTE II

Olá Nossos Devanienses ( E Todo O Tipo de Tubo )!

 

Resultado de imagem para Livro Tubo de Ensaio 2

 

Bruno Nogueira sempre foi conhecido como comediante. Pelo menos, é essa a ideia que tenho dele. Já li há um bom tempo a primeira parte. Tavez anos. Quando há uma montanha de livros não lidos, acontece. Ele sempre deu um tom divertidíssimo em tudo que fiz. Pelo menos, em tudo que eu assisti. Parece que é Aquariano…

João Quadros também é Aquariano. E assim se juntam dois Aquarianos. Poderiam ser dois Taurinos? Sempre é melhor do que um Carneiro e um Tourino. E a Louca dos Signos deixa isto no ar…

 

Resultado de imagem para bruno nogueira

 

Sem dúvida que não faltará humor negro. A vida precisa de humor. Seja negro, cor-de-rosa ou azul. O Negro é mais divertido. Mais sofisticado. Mais elegante. Mais… mais para quem aceita o humor. Aceita? Não encontrei outra palavra. Quem entende o que quis dizer, entende…

O humor negro divide a sociedade em quatro grupos: os que não “toleram”, os que fingem que “toleram”, s que adoram e os que estão numa má fase para lidar. Sociedade…

 

Resultado de imagem para joão quadros

 

Não me lembro, além do livro claro, de ter assistido a algum trabalho de João Quadros. Gostei muito da introdução dada a João Quadro. ” João Quadros nasceu em Lisboa, a 13 de Fevereiro de 1964. Quando nasceu, era tão bonito que foi declarados nulos todos os nascimentos, desde o dia 1 de Janeiro desse ano, para que ee fosse o primeiro bebé do ano. Ainda hoje, é odiado por pessoas sem BI.”.

Amei este humor tão elegante. Tem piada. Claro que não aconteceu.

Quem escreveu este paragrafo teve um momento brilhante. Por gentileza, batam palmas nos comentários. Palmas sonoras e de pé.

É para adorar? É para adorar!

Beijinhos

Entrevista Verde

ENTREVISTA VERDE || SANDRA MATIAS

Olá Nossos Devanienses ( E Sandra Matias )!

 

Foto de Sandra Matias.

 

Obrigada a todos pelo sucesso que está a ser este Projecto. Se abrimos uma mente com estas entrevistas, ficamos muito felizes. Hoje temos a Sandra Matias. Blogger, Maquilhadora e uma adoradora dos temas de Veganismo e Vegetarianismo.  O Trabalho de Sandra Matias está duma certa forma direccionada a estes temas. Digamos que o seu trabalho é consciencioso.

Todos os trabalhos realizados pela Sandra Matias são maravilhosos. Agradecemos de coração o facto da Sandra Matias ter aceite participar no nosso Projecto.

 

Foto de Sandra Matias.

 

1 – Desde quando começou este teu interesse pelo Vegetarianismo e pelo Veganismo?

Porquê?

R: Começou há 8 ano atrás, embora não seja vegetariana ou vegan, tento manter o equilíbrio na minha alimentação, porque uma alimentação saudável incluindo pratos vegetarianos faz toda a diferencia num organismo humano. Embora na cosmética que é uma área que adoro, procuro sempre produtos vegan e de preferência cruelty free.

2 – Já alguma vez ponderaste tornar-te Vegetariana ou até mesmo Vegan? Porquê?

R: Nunca pensei, embora tenho uma familiar muito próxima que é vegan, não come nada de origem animal, nós necessitamos de todos os nutrientes, vitaminas, ferro etc que tanto a carne como o peixe nos proporcionam ao organismo para mantermos o equilíbrio.

3 – Na tua opinião, porquê que uma parte da Sociedade considera uma modinha?

R: 50% acha moda ser vegetariana ou vegan, não comer nada de origem animal, devido ao protegermos muitos os animais, sim de facto tornou-se moda, mas infelizmente, para ser vegetariana ou vegan que são duas coisas totalmente diferentes uma da outra necessita-se de um controle da parte de um profissional de vido a vitaminas que não colocam no organismo que tanto a carne como o peixe ou algo de origem animal nos dão, e sem esse controle um dia o nosso organismo pode entrar em falência dessas propriedades importantes e ter que fazer um tratamento intensivo.

4 – Achas importante que a Sociedade tenha um pouco mais de noção sobre o tema, visto que uma grande parte só critica?

R: Sim devia, temos de ver os dois lados, pois ser vegetariano ou vegan não é o mesmo que fazer uma dieta, é uma escolha que a própria pessoa faz, se não quer comer nada de origem animal é uma escolha que a pessoa faz. Acho que a nossa sociedade ainda está com pouco conhecimento na área e tem muita falta informação.

Por exemplo na beleza, há uma grande procura de produtos vegan e cruelty free, a palavra cruelty free está a tornar-se muito popular e acho bem, pois não sou apologista de teste em animais, eu própria na área de beleza procuro produtos vegan e cruelty free.

 

Foto de Sandra Matias.

5- Alguma coisa mudou na tua vida desde este teu interesse?

R: Eu já tinha conhecimento necessário para distinguir e não julgar, mas com o passar dos anos na área de beleza tenho adquirido muitos conhecimentos e sim mudou, em vez de colocar cosmética rica em químicos na minha pele coloco cosmética natural na minha pele.

6 – Mudou alguma coisa na tua alimentação e\ou no teu consumo em geral desde que te interessante pelo tema?

R: Sendo eu carnívora como se pode chamar, pelo menos duas vezes por semana como pratos vegetarianos, e se ter que fazer companhia à minha familiar directa a comer um bom prato vegan eu como, mas claro tenho sempre em atenção ás necessidades do meu organismo.

7 – Na tua opinião, faz algum sentido quando questionam o porquê de gostarmos de animais e mesmo assim comermos?

R: Não faz sentido algum, pois nós nascemos herbívoros e carnívoros, quando me questionam sobre tal eu explico tudo o que mencionei acima, o meu organismo necessita e não me quero ver a tomar suplementos ou vitaminas para substituir as propriedades da carne ou as propriedades do peixe, nem me quero ver um dia entrar em falência devido à falta das mesmas.

Acho uma pergunta desnecessária, quando nos perguntam isso.

 

Foto de Sandra Matias.

 

8 – A tua alimentação teve alguma alteração com o teu interesse no tema?

R: Mantém-se a mesma, como referi nas respostas acima.

9 – Alguma vez fez-te confusão ires a um Talho ou a uma Peixaria?

R: Ir não me faz confusão, faz me sim confusão ver uma galinha a ser morta ou um porco a ser morto, eu não consigo ver, nem consigo fazer tal. O que me faz muita aflição no talho é ver coelhos mortos, não sei se é por se assemelharem aos gatitos e coelho é uma carne que não como devido a isso.

10 – Achas que é um tema interessante para ser debatido? Porquê?

R: Sim acho, porque todas as pessoas devem saber sempre mais sobre o assunto vegetariano ou vegan, saber os prós e contras, e claro antes de se tornar procurar sempre um profissional de saúde.

 

Foto de Sandra Matias.

 

Uma entrevista maravilhosa. Foi um gosto, mesmo. Reforçamos que não queremos fazer nenhuma lavagem cerebral a ninguém. Como vêm, podem gostar do tema e não abdicarem da vossa chichinha. Serem, somente, mais conscienciosos.

Eu fiz a pergunta do Talho e da Peixaria, porque a mim faz-me confusão. E partiho com a Sandra Matias que os coelhos parecem gatinhos. Eu sou um bichinho da Cidade e ver animais a ser mortos, não gosto. Gosto de coisas estranhas como ver a espremer espinhas e pontos negros, mas animais não.

Quando era pequena, tinha uns oito anos, e obrigaram-me a pegar nas pernas duma galinha para a matarem. Agarrei contrariada. Olhos fechados. Cara para o lado. Resultado: A galinha saltou do funil. A pessoa ficou chateada, a galinha ficou mais uns minutos feliz.

Beijinhos

Resenha

RESENHA DO LIVRO || PEQUENO GRANDE AMOR

Olá Nossos Devanienses ( E Grande Livro )!

 

Resultado de imagem para Um pequeno grande amor

 

Confesso que foi um livro que me emocionou bastante. Sublinhei e rodeei quase o livro todo. Momentos bastante marcantes que só com uma grande dose de ajuda poderão melhorar. Ver melhores momentos.

Simplesmente maravilhoso. Além de me emocionar, como já referi, deixou-me sem palavras. Não existe Filhos de Pais separados ou não. Pelo menos não é isso o importante. Exite sim Filhos Felizes ou não.

 

Fátima Lopes

 

Este livro é uma força para caminhar e ajudarmos os outros na sua caminhada. 

Prepare-te para te emocionares bastante. Esta escritora não deixa ninguém indiferente. Enche-nos de vontade de saber o que aconteceu a Gonçalo e a Estela. Será que algo muda positivamente para elas?

Só torcemos que sim. É apenas uma estória? Sim, mas quantos Gonçalos e Estelas existem? É triste.

A culpa não é serem Filhos de Pais separados ou não. Poderiam ter a mesma dor com os Pais juntos…

Beijinhos

O Abre Olhos Das Bloggers

PAULA CORREIA || O ABRE OLHOS DAS BLOGGERS

Olá Nossos Devanienses ( E Paula Correia )!

 

 

Não conhecia o trabalho da Paula Correia. Muito soft. Muito cute. É para isso mesmo que serve o nosso Projecto. Como a própria designa o Blog “Perfeito para quem aprecia humor cáustico e para quem me sempre concorda com o rumo da sociedade, terrível para quem se revê nos comportamentos desviantes expostos.”. Gosto. Gostaria mais de conhecer o trabalho mais cedo.

Não conhecia nenhum trabalho desta faixa etária. Pelo menos que me recorde. Actualmente tem quarenta e um anos de sabedoria. Os novos trinta.

 

 

Blogger É O Quê?

“Ai agora também tens um blog?” Ouço isto tantas vezes… Há quem pense que criar um blog é apenas para sermos conhecidas, mas nada mais errado! (pelo menos no meu caso, que até iniciei o blog de forma anónima.) Mas afinal Blogger É O Quê?

Se não fosse pelas reações das pessoas ao meu blog e por todas as coisas boas que ele me tem trazido, certamente já teria desistido. Ser blogger não é tão simples quanto parece. Felizmente vamos tendo incentivos, ou ninguém aguentaria muito tempo, só mesmo por paixão. E não confundam! Os incentivos vêm em palavras, não em coisas ou notas.

Blogger É O Quê? É paixão!

Sim, uma verdadeira paixão. Daquelas que nos fazem sofrer, mas que ainda assim não largamos. Eu não posso dizer quanto tempo dedico e já dediquei ao blog ou seria posta de castigo pelos meus amigos que vissem isto. Mas garanto, são mesmo muitas horas. Os meus amigos sabem que são muitas, mas nem sonham o quanto! Eu comecei com a experiência necessária de há muitos anos atrás.

 

Adotar em Viseu

 

Quando percebi que tudo estava diferente fiquei em pura aflição. Afinal era necessário dar muito mais de mim do que eu alguma vez imaginei! Aprendi com ajudas, mas a maior parte foi por mim mesmo. Autodidatismo é duro, é muita tentativa e erro. Muito tempo verdadeiramente desperdiçado. Mas devagar aprende-se. E isto é só a parte de criar, depois há a parte de manter…

Manter um blog

Depois de saber como funcionam os blogs e as (imensas) coisas a eles associados, há todo um outro trabalho a fazer. Manter um blog exige criatividade e fidelidade a nós próprios e ao tema do blog. Blogger É O Quê? Somos nós mesmas. Deixamos pedaços de nós em cada post, em cada linha, em cada imagem.

Manter um blog é cansativo, é ter de pensar em mil coisas ao mesmo tempo. Criar conteúdos interessantes, divulgar os posts, selecionar imagens. Estar ativa numa série de redes sociais para difundir o nosso tema. E sempre em contínua aprendizagem. Porque em tecnologia informática, como todos sabemos, tudo muda de um dia para o outro. E é imperativo acompanhar.

Ser Blogger é quase um trabalho a tempo inteiro. Estamos sempre a fazer pesquisas, a imaginar questões. A deixarmo-nos influenciar.

Ser Blogger é andar por gosto. É expormos quem somos e por isso ou somos amados, ou atropelados. Mas mantendo-nos sempre de pé. Porque acreditamos em nós e porque, acima de tudo, somos bloggers por nós.

Sem dúvida que ser Blogger não é só ser. São várias horas a batalhar para dar o nosso melhor em forma de post.  É mostrar a nossa alma por palavras. É delicadeza. É amor. É paixão. É pureza. É entusiasmo. É mostrarmos bem, mesmo quando não estamos. Sim, porque é trabalho. Não podemos (na maioria das vezes) sermos substituidas. Logo, para o trabalho aparecer feito, temos de o fazer. Férias? Que piada! Quem é que nos iria substituir? Ninguém.

No meu caso, ler por laser? Ver filmes por laser? Está bem longuínquo. Trabalho, trabalho, trabalho, trabalho. Sem trabalho não há posts. Baixa médica? Nem a osso! Não nos podemos dar a esses luxos. Pesquisar, estudar, trabalhar, realizar. Das oito da manhã às cinco da tarde? Que piada tão gira. Talvez a primeira parte do trabalho ou talvez nem isso.

Beijinhos

Receita Vegetariana

CHEESECAKE || RECEITINHA DO AMOR

Olá Nossos Devanienses ( E Cheesecake )!

 

 

Esta receita que vos vou dar pode ser feito com produtos que não sejam Vegan. Francisca, eu digo que não é Vegan, acho que dá para entender.

Para começar, cortem uma torta e meia de Torta de Morango às rodelas. Damos o exemplo da imagem seguinte. Numa forma própria para o efeito, tape o fundo com essas rodelas.

À parte, bata as natas ( Vegan ou não). Quando estiver firme, coloca leite condensado ( Vegan ou não). Mistura. Por fim, mistura oito folhas de gelatina previamente diluídos. Bate bem.

À volta do Cheesecake coloca morangos cortados a meio.

 

Resultado de imagem para Torta do Pingo Doce

 

Deita a mistura das natas em cima das rodelas da tarte de morango. Por cima, coloca a compota da tua eleição. Coloca no frigorífico dum dia para outro.

No dia seguinte, comes e és feliz. Devo confessar que este Cheesecake sabe ao Perna de Pau da Olá.

Esperamos que gostem desta receita. Estamos a começar a postar e esperamos que seja do vosso agrado.

Beijinhos

Expectativa

EXPECTATIVA DO LIVRO || UM PEQUENO GRANDE AMOR

Olá Nossos Devanienses ( E Grandes Amores )!

 

Resultado de imagem para Um pequeno grande amor

 

Infelizmente, é o último livro que tenho desta autora. Tenho a certeza que o vou devorar. Já li o “Amigas para sempre” e “Amar depois de amar-te”. Sei da existência de mais livros, mas mais nenhum está na minha lista de “não lidos”.

Gostaria imenso de ler mais livros dela. Está na lista dos livros de Filipa Fonseca da Silva. Não são as escritoras favoritas, mas estão no patamar a seguir. Ambas as autoras têm uma escrita maravilhosa e dá uma vontade enorme de ler. Saber o final. E ao mesmo tempo não saber, porque é sinal que o livro acabou.

Resultado de imagem para Um pequeno grande amor

 

A conta-capa fala de duas crianças um pouco (muito) negligenciadas do ponto de vista afectivo.

Espero uma leitura emocionante. Já foram os outros dois livros dos quais tive oportunidade de ver.

Beijinhos

Conta-me Como Foi

MARTA CARVALHO || CONTA-ME COMO FOI

Olá Nossos Devanienses ( E Marta Carvalho )!

 

 

Quem conhece o Trabalho da Marta Carvalho põe a perna esquerda no ar. Olha, Francisca, tantas perninhas no ar. Que maravilhoso. Francisca, tens razão, aquela menina está com a perna direita. Tentou. Ao menos, conhece. Quem não conhece, ainda vai a tempo. Podem baixar, por gentileza.

Quem faz colecção de Marcadores de Livros põe a língua para cima. Eu também estou a pôr. Tenho bastantes. Muito fofos. Pois não, Francisca, não foram muitas pessoas a colocarem. Não tem piada. Não tem piada nenhuma.

 

 

Queridas pessoas com mais dum dedo em cada mão, aqui apresentamos o testemunho da Martinha:

Olá!

Desde já, quero agradecer à “Miss L” o convite! Obrigada por deixares o blogue “A Marca da Marta” fazer parte da fantástica rubrica “Conta-me Como Foi”. É, sem dúvida, uma alegria!

Deixo-vos então o meu testemunho!

Sou a Marta Carvalho, tenho 24 anos e vivo em Coimbra. Atualmente, sou estudante a tempo inteiro e blogger nos tempos livres. Bem, mas o sonho de ser blogger já vem há algum tempo.

Decorria o ano de 2013 e, estando a minha mãe (ela é professora) a frequentar uma formação de caráter opcional foi-lhes sugerido criar um blogue. Desta forma e, depois de alguma insistência dela e pesquisa minha, decidi fazê-lo também. Comecei a aprender, a fazer aos poucos e poucos até que consegui criar o meu “cantinho” no mundo blogosférico. Ao início começou por ser anónimo, mas, depois decidi torná-lo público. Só assim fazia sentido. Queria (e quero) que as pessoas conheçam quem está por detrás do ecrã. Quem conta uma bela piada, quem apresenta um marcador ou simplesmente uma história.

 

Foto de Marta Carvalho.

Assim sendo, “A Marca da Marta” nasceu, oficialmente, em janeiro de 2014 e eu não podia estar mais contente! Um percurso pequeno (para já!), mas, muito especial, para mim.

Para quem não sabe, este blogue tem um foco essencial: a minha coleção de marcadores (apenas relativos a sítios) espalhados pelo mundo inteiro. É claro que nele, também, abordo outras temáticas como literatura (obras antigas ou mais recentes) ou posts mais pessoais, onde me dou a conhecer um pouco melhor e isso é tão bom, não é verdade!?

Atualmente, é um dos meus hobbies preferidos. Não passo um dia sem lhe “dar uma vista de olhos”, sem espreitar os “meus” blogues eleitos e, claro, aqueles que me fazem sonhar. Porque, apesar de, por vezes, existirem (bastantes) obstáculos, para mim, ter um blogue é realmente um sonho! É claro que é preciso criatividade, trabalho, dedicação e muita motivação, mas no final, vale a pena. Vale a pena sentir o “carinho” de todos aqueles que “fazem questão” de visitar o nosso blogue todos os dias, vale a pena interagir com todos os que apreciam o nosso trabalho e o tornam tão único e diferente!

 

Foto de Marta Carvalho.

 

Se gostas de escrever, se tens imaginação e se realmente gostarias de pertencer a este mundo cria um blogue! Cria o teu próprio sucesso e torna-te único! O blogue mudou a minha vida para melhor e o teu!? Faz acontecer e de certeza que não te vais arrepender!

Sejam felizes! Beijinhos a todos!

 

Obrigada, Martinha, pelo teu testemunho. Foi fabuloso!

Beijinhos